Relatos de estudantes do Colégio Progressão aprovados nos vestibulares

É natural os alunos ingressarem no Ensino Médio e sentir dúvida de qual profissão vai seguir no futuro. Separamos três histórias interessantes de jovens que trilharam suas histórias no Colégio Progressão e que tiveram apoio durante o período escolar.

Allan Trevisan, ex- aluno da 3ª série do EM.

Allan Trevisan, ex-aluno da 3ª série do Ensino Médio de Taubaté, contou que o Progressão ofereceu muito mais que ele poderia imaginar. Estudou no Colégio desde o 3º ano do Ensino Fundamental e foi aprovado em três universidades: Engenharia Mecânica na UNIFEI e 7º lugar na UNESP, além da 2ª colocação em Medicina na UNITAU. “Eu nunca me senti mais em casa do que no Progressão. Esse sentimento de pertencer é o que mais eu vou levar pra minha vida”, completa.

Rafaela Dantas, ex-aluna do Extensivo.

Rafaela Dantas, ex-aluna do Extensivo de Pindamonhangaba, relatou que o papel da escola, dos professores e funcionários é muito importante nessa jornada escolar do aluno. “Nós chegamos com sonhos, medos e inseguranças e no Colégio Progressão esses profissionais sempre estão ali para nos ajudar a enfrentar toda a ansiedade”, afirma. Ex-aluna de escola pública, Rafaela foi aprovada em Medicina na UNIFESP.

 

Isabele Cortez e Vitória Coutinho, ex-alunas da 3ª série Medicina.

Amigas de infância desde o 2º ano do Ensino Fundamental no Colégio Progressão, Isabele Cortez e Vitória Coutinho foram aprovadas em Medicina na UNIFOA e FMIt. Elas dividiram muitas experiências e momentos bons com amigos, professores e funcionários. “Nós crescemos e amadurecemos juntas e ao ingressar no Ensino Médio, percebemos que tudo isso valeu a pena e ter essa relação de amizade forte. Isso é muito bom!”, afirma Vitória Coutinho. Para Isabele, a amizade consolidou-se ainda mais quando permaneceram unidas na 3ª série Medicina e decidiram prestar vestibular em duas Universidades. “Não foi um ano fácil mas uma aconselhava a outra e agora estamos indo para a mesma faculdade é uma coisa muito boa, ficamos muito felizes”, conclui Isabele.

Quer acompanhar mais histórias como essas? Acesse a nossa página do Facebook ou nosso canal no Youtube.