A importância dos passeios pedagógicos no aprendizado do aluno

Durante a aprendizagem diversos campos são explorados para que o processo se torne completo. Os trabalhos de campo fazem parte da composição do aprender e são experiências que transformam o estudo teórico do aluno em aprendizado prático materializado, incentivando a autonomia e a participação.

Conhecer museus, teatros, planetários, entre outros espaços, faz com que a vivência nestes locais proporcione imersão no conhecimento. “É um estímulo para o desenvolvimento de diversas competências e habilidades, inclusive sociais”, comenta o coordenador da unidade Pindamonhangaba, Felipe Gomes.

As excursões são planejadas ao longo do ano escolar do aluno para que ele tenha experiências diversificadas, com vivência em diferentes ambientes. “Existe um trabalho pedagógico de planejamento para que ocorra um enriquecimento cultural dessas turmas”, diz a diretora do Colégio Progressão, Roberta Campos. Os professores, juntamente à coordenação pedagógica, escolhem passeios condizentes com os conteúdos das matérias. Durante esse processo, os locais escolhidos são validados, por representantes do colégio, em termos de segurança e contribuição pedagógica.

As experiências adquiridas em aulas extracurriculares são objetos de estudo em sala de aula, tanto antes quanto depois do trabalho em campo. “A viagem pedagógica realizada com as turmas de sétimos anos, para o MIS (Museu da Imagem e Som) e o MASP (Museu de Arte de São Paulo), no ano passado, teve uma oficina de história especificamente desenvolvida para trabalhar a temática a ser explorada em campo”, conta Felipe.

Acompanhe os registros dos passeios pedagógicos pelas nossas redes sociais!

Venha ser Progressão
Venha ser mais!