Alunos vivenciam voo em simulador de paraquedismo

Imagina ter a experiência de voar? Isso foi possível durante a viagem pedagógica dos alunos do 8° e 9° ano do Ensino Fundamental Unidades de Taubaté e Pindamonhangaba, ao iFLY, em São Paulo (SP). O iFLY é um simulador de paraquedismo e proporciona ao participante a adrenalina causada pelo momento da queda livre.

Um cilindro de vidro com mais de 8 metros de altura, com poderosos ventiladores na parte superior do túnel criam uma corrente de ar para cima com ventos que podem chegar a até 260 quilômetros por hora.

A primeira etapa da atividade foi um treinamento onde os estudantes aprenderam a posição correta para voar, os sinais de comunicação utilizados para qualquer mudança no momento da simulação, como entrar e sair do túnel e todas as demais instruções necessárias para um voo tranquilo e seguro.

Eles tiveram também uma aula que abordou conhecimentos de Física, Matemática e Tecnologia, com o professor Daniel Piva. O objetivo foi da aula foi dar significado a parte prática da atividade.

Depois das orientações, a turma vestiu equipamentos de segurança: o macacão, óculos de proteção, capacetes e protetores auriculares. Nossos alunos voaram na companhia dos instrutores de voo.

“Eu achei muito legal a iniciativa da escola. Aqui a gente aprende na prática, mas também tem a sala de aula para aprendermos sobre a Física disso aqui”, contou Pedro Augusto, aluno do 8° ano do Ensino Fundamental Pindamonhangaba.

Compartilhe esse conteúdo

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn