Conheça Pindamonhangaba

Lugares históricos e passeios inesquecíveis. Confira as dicas de roteiro para suas férias.

Pindamonhangaba ganhou o título de cidade no dia 3 de abril de 1849. Até então era conhecida como a vila Nossa Senhora do Bom Sucesso de Pindamonhangaba.

A cidade possui vários casarões da época áurea dos fazendeiros de café da região, alguns deles permanecem até hoje, tombados como patrimônios históricos, entre eles estão: a Casa de Câmara e Cadeia, inaugurada em 1864, que funcionou até 1913, quando passou a sediar a Escola de Farmácia e Odontologia, e o Palacete Palmeira, construído em meados do século XIX, por ordem de Antônio Salgado Silva, um dos maiores fazendeiros da cidade. Desde 1978, a construção abriga o Museu Histórico e Pedagógico D. Pedro e D. Leopoldina.

Outras atrações turísticas da cidade são:
O Bosque da Princesa, localizado a margem do Rio Paraíba, foi construído em 1879. O local reúne várias espécies botânicas, lagos com peixes, parque infantil e estrutura para fazer uma boa caminhada em contato com a natureza. No Bosque também funciona a Biblioteca Municipal Vereador Rômulo Campos D’Arace, que possui aproximadamente 36 mil volumes a disposição da população.

O Balneário Reino das Águas Claras, criado em 1970, fica a margem da rodovia Caio Gomes Figueiredo, km17, que liga Pindamonhangaba à Campos do Jordão. Instalado em uma área verde de 21.311m². O local possui restaurante, vestiário, parque infantil, churrasqueiras e quiosques.

O Pico Itapeva é o segundo ponto turístico mais alto de Pindamonhangaba. Ele fica na Serra da Mantiqueira, a 1.950m de altitude, na Estrada Pinda-Campos.

A Reserva Ecológica de Trabijú é um parque florestal com 6 mil metros quadrados, considerado área de proteção ambiental, fica a 16 km do centro da cidade.

Bondinho e Estrada de Ferro
A Estrada de Ferro de Campos do Jordão foi construída em 1910 pela necessidade de levar pessoas que sofriam de doenças respiratórias à cura no clima das montanhas. A construção foi idealizada pelo médico sanitarista Emílio Marcondes Ribas, e apoiada pelo Dr. Victor Godinho. As antigas máquinas a vapor levavam 12 horas para completar o percurso de 47 km entre Pinda e Campos.

A estrada é um atrativo turístico muito procurado por quem deseja conhecer as belezas da Serra da Mantiqueira. O passeio custa R$30 por pessoa, com horário de saída de Pindamonhangaba às 10h. Dependendo do horário de retorno, previsto para o meio dia, pode ser feita mais uma viagem às 14h. Mais informações pelo telefone: 3644-7408 / 3644-7409.

Fonte:
http://www.explorevale.com.br/cidades/pindamonhangaba/turismo.htm
http://www.cidadespaulistas.com.br/cid/default.asp?c=430

Compartilhe esse conteúdo

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn