Encontro discute estresse entre vestibulandos

A vida de vestibulando não é tão fácil o quanto parece. Além da pressão das provas, o estudante precisa lidar com a insegurança, exigências familiares, além da própria cobrança pessoal.

Pensando nestes problemas, os estudantes de Medicina, da Universidade de Taubaté mostraram aos vestibulandos do Colégio Progressão que ansiedade e estresse são prejudiciais à saúde e que é possível amenizar estas sensações com exercícios simples aliados à alimentação saudável. A ação, ligada ao projeto Mutirão das Ligas, aconteceu nos dias 6 e 7 de abril com os alunos do Ensino Médio e Pré-vestibular de Taubaté e Pindamonhangaba.

As palestras partiram de três eixos temáticos: estresse, ansiedade e reflexos nutricionais; efeitos do cortisol no metabolismo sob estresse e a influência da espiritualidade na saúde física e mental. “A gente quer passar a repercussão desta fase no organismo deles. Mas não só a repercussão fisiológica do sistema endocrinológico, mas também a repercussão espiritual, além da alimentação”, disse Caio Cherubin, aluno do quarto período de Medicina.

Para a Monja Kelsang Janglam, do Centro Budista Kdampa Jangchub Ling, de Taubaté, a meditação é um dos caminhos que ajudam a buscar o equilíbrio. “Nessa fase pré-vestibular, se nós não aprendermos a controlar a nossa mente, definitivamente, teremos branco na hora da prova, crises de ansiedade. Estes são os efeitos do nosso corpo por não temos o controle da nossa mente”, disse a Monja.

“Percebi que existe uma relação muito mais forte do que a gente imagina. Achei superinteressante que a escola trouxe esse tema. Mostrar para o vestibulando que outras pessoas entendem a realidade dele, entende o estresse, as crises de depressão que acontece entre os pré-vestibulandos”, disse Laura Fernandes, aluna do Extensivo Manhã.

Sobre o Mutirão das Ligas

As ligas são grupos de estudantes que estudam e desenvolvem projetos e pesquisas em determinadas áreas da saúde. Atualmente, a Universidade de Taubaté conta com 17 ligas de estudantes.

O projeto da Liga de Endocrinologia, Medicina e Espiritualidade e Nutrologia, visa melhorar a saúde mental e física dos alunos vestibulandos.

Compartilhe esse conteúdo

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn