Estudantes do Brasil têm pior desempenho em matemática, diz estudo

Por Gerson Monteiro

Os estudantes brasileiros, ao lado dos da Indonésia e Tunísia, estão entre os que têm os menores níveis de conhecimento em matemática, segundo informações de uma pesquisa internacional realizada pela OCDE (Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico). Os três países são os últimos da lista , atrás de outros 37 países.

Os dados são de 2003 e constam de um estudo chamado Pisa (sigla em inglês para Programa Internacional de Avaliação de Alunos), prova aplicada para analisar o desempenho de cerca de 250 mil estudantes de 15 anos matriculados nas redes de ensino públicas e particulares de 40 países.

 

Em 2000, quando o Pisa foi aplicado pela primeira vez, o enfoque principal foi leitura. Naquele ano, estudantes de 32 países participaram da avaliação. O Brasil já havia ficado entre os últimos colocados.

O foco em 2003 foi matemática. Os alunos tiveram de responder a questões que abordavam situações cotidianas. A previsão é de que o teste será aplicada novamente em 2006, quando mais países devem ser englobados na avaliação.

China/Hong Kong (550 pontos) e a Finlândia (544) aparecem no topo da lista na área de matemática. Enquanto isso, a média geral dos alunos brasileiros foi a pior (356 pontos), ficando atrás da Indonésia (360 pontos) e Tunísia (359).

Em ciências, o Brasil ficou em penúltimo, à frente apenas da Tunísia. A Finlândia lidera nessa prova. Na avaliação da leitura, o Brasil aparece em 36º lugar, à frente de México, Indonésia e Tunísia. A Finlândia, mais uma vez, está no topo da lista, seguida por Coréia e Canadá.

O relatório completo pode ser encontrado no site www.oecd.org.

Fonte: Folha Online

Compartilhe esse conteúdo

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn