Neurologia para Educadores é tema do 1° encontro do Tutoria

O primeiro workshop do Projeto Tutoria, realizado no último sábado, 18 de março, abordou mitos e verdades sobre os transtornos neurológicos que afetam a aprendizagem dos educandos. O convidado para palestrar o tema Neurologia para Educadores foi o Dr. Marcelo Mussi, Médico Neurologista especialista pela Academia Brasileira de Neurologia.
O encontro aconteceu em duas etapas, sendo na primeira uma palestra e na segunda uma mesa redonda. “O propósito é de contribuir efetivamente para a formação dos professores e consequentemente o aprimoramento das ações diretas com os alunos em sala de aula”, explicou a idealizadora do projeto, Roberta Campos.

Para o Dr. Marcelo Mussi, é essencial a preparação que o projeto Tutoria oferece.
“A iniciativa é maravilhosa. Os profissionais não se comunicam muito dentro desse segmento, então, trazer um profissional da área da ciência para um contato direto com os professores é excelente”, ressaltou o médico.

Ele contou também que buscou traduzir termos médicos de maneira simplificada para a realidade dos docentes. “Eu trouxe conceitos da Neurologia para o senso comum para que os professores consigam identificar transtornos neurológicos. O objetivo principal é desmistificar esses conceitos que estão por trás de nomes complicados como Transtorno de Déficit de Atenção, Dislexia e Autismo.”

O projeto Tutoria é aberto ao público relacionado com a área de Educação. As vagas para os encontros são limitadas e precisam ser feitas com antecedência. Informações sobre os próximos encontros, ligue no (12) 3622-3033.

Próximos encontros do Tutoria:

8 de abril
Estratégias Sensoriais para sala de aula – Com a Terapeuta Ocupacional Ana Luisa Campos.

13 de maio
Dificuldades Alimentares: Elas podem afetar a aquisição da fala? – Com a Fonoaudióloga Júlia Azevedo Carvalho de Freitas.

10 de junho
Dificuldade de aprendizagem sem diagnóstico. O que fazer? Cláudia F. Maluf de Almeida – Pedagoga com especialização em Psicopedagogia e Neuropsicológica em Educação.

Compartilhe esse conteúdo

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn