Sistema é ampliado a novas turmas e começa em março

A ideia é fortalecer o potencial dos alunos com bom rendimento escolar e estimular o desenvolvimento dos estudantes com dificuldade, desenvolvendo nos alunos o gosto pelo estudo.

O Sistema de Aconselhamento começa nesta semana. Depois do sucesso do projeto piloto no ano anterior, com os 1º anos do Ensino Médio, ele será ampliado aos 2º anos e para os alunos do Fundamental II (6º ao 9º anos).

O sistema consiste em montar um esquema de acompanhamento direcionado para cada estudante, que será feito pelos professores que têm mais contato com os discentes. Na Unidade Taubaté (Ensino Médio), cada professor terá seis aconselhados, com os quais terá que trabalhar a ansiedade e conferir o desempenho nas avaliações.

Os objetivos do sistema de aconselhamento são: fortalecer o potencial dos alunos com bom rendimento escolar, aumentar a auto-estima dos estudantes com dificuldade, desenvolver nos adolescentes o gosto pelo estudo, aproximar professores e alunos no ambiente escolar e agilizar o retorno às famílias. “Esse é um serviço preventivo, para que os alunos se sintam melhores na escola”, conclui o coordenador do ensino médio, Neto Salermo.

Na próxima semana também começam o aconselhamento no Fundamental II de Taubaté e no Ensino Médio de Pindamonhangaba. Os alunos do 6º ao 9º ano de Pinda começarão o aconselhamento no dia 8 de março. A coordenadora Isolina, explicou que dessa forma, os professores já tem acesso aos resultados das VEs 1 e 2 para trabalhar melhor com os estudantes.

Compartilhe esse conteúdo

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn